Universidade não aceita acordo com Geisy

O advogado da Universidade Bandeirante (Uniban), descartou na tarde desta quinta-feira (1º de julho/10) qualquer possibilidade de acordo com a estudante Geisy Arruda, de 20 anos, que move uma ação de danos morais contra a instituição de ensino. A declaração foi dada durante uma pausa na primeira audiência desse processo que acontece na 9ª Vara Cível do Fórum de São Bernardo do Campo, no ABC.
Quando perguntado sobre a possibilidade de fazer um acordo com a ex-aluna, o advogado foi incisivo: “Não se faz um acordo com alguém que pede algo absolutamente descabido. Acho até que ela deveria pagar para a Uniban uma indenização pelos problemas que causou, como exposição que dava a impressão de que se tratava de uma instituição brutal”, afirmou.
Ao chegar junto com seu advogado para depor , Geisy, que pede uma indenização de R$ 1 milhão, disse que estava disposta a fazer um acordo com a universidade.
Fonte:G1