Unesp abre processo disciplinar por "rodeio das gordas"

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) instaurou nesta quinta-feira (28) processo disciplinar contra dois estudantes do campus de Assis, em São Paulo, após denúncias de agressão a alunas em jogo batizado de “rodeio das gordas”. O processo foi aberto em reunião extraordinária da congregação, com a presença de diretores, funcionários, professores e alunos. No encontro, foi aprovada ainda uma moção de repúdio às agressões.
Segundo relatos, no "rodeio das gordas", alunos se aproximavam das garotas fazendo perguntas, como se fossem paquerá-las. Depois, agarravam as garotas, de preferência obesas, e tentavam ficar sobre elas o máximo de tempo possível, como se estivessem em um rodeio. Ao menos 50 estudantes teriam participado.
Os agressores usariam ainda uma comunidade no Orkut para incentivar que os estudantes cronometrassem o tempo que mantinham a garota presa e para sugerir premiações para quem ficasse mais tempo sobre a menina. Há relatos de que os estudantes gritavam, dizendo "pula, gorda bandida".
Alguns estudantes que repudiaram esse episódio absurdo fizeram um protesto em frente da universidade.