Matemática - Professor Nivaldo Galvão

Sistema de Medidas de Comprimento

As medidas de comprimento são os mecanismos de medição mais utilizados no dia a dia. O metro (m) é a unidade de medida principal para medir comprimento. A partir do metro são obtidas outras medidas de comprimentos que são múltiplos e submúltiplos do metro. Os múltiplos do metro são: decâmetro (dam), hectômetro (hm) e quilômetro (km); os submúltiplos são: milímetro (mm), centímetro (cm) e decímetro (dm). A tabela a seguir mostra as medidas de comprimento utilizadas:

Transformação de unidades de medidas de comprimento

A transformação de unidades de medidas de comprimento se faz com o deslocamento da vírgula para direita ou para esquerda.
Exemplos:
a) Transformar 2,58 metros em milímetros:
Metros para milímetros deslocamos a vírgula 3 casas para direita:

Para transformar metros em milímetros deslocamos a vírgula 3 casas para direita, assim:
Note que acrescentamos zero para completar a terceira casa decimal.
Então a vírgula fica depois do zero (2 580,)mas não precisa ser colocada,logo a resposta fica assim:
2,58 m = 2 580 mm

b) Transformar 3,52 metros em milímetros:








Polígonos no Plano Cartesiano


O que são Polígonos?

Antes de mergulharmos no plano cartesiano, é importante entender o que são polígonos. Em termos simples, um polígono é uma figura geométrica plana e fechada composta por segmentos de reta chamados de lados. Esses segmentos se encontram apenas em seus pontos finais, formando vértices. Além disso, os polígonos são geralmente classificados pelo número de lados que possuem.

Visualizando Polígonos no Plano Cartesiano

A beleza dos polígonos no plano cartesiano reside na sua representação visual. Podemos desenhar polígonos simplesmente conectando pontos com coordenadas cartesianas específicas. Por exemplo, marcando as coordenadas ( -7 ; 2) , ( -1 ; 2 ) e ( - 4 ; 6 ) obtemos um triângulo,observe:


Agora podemos observar algumas características,como por exemplo:
  • Quantidade de lados:  3
  • Nome do Polígono:  Triângulo
  • Vértices:  A,B e C
  • Ângulos : 




  • Lados :  


Exercício 1) Marque os pontos A (1 ; 5) B (1 ; 2) C (4 ; 2) e D (4 ; 5) ligue em ordem alfabética e complete as características do polígono:
  • Quantidade de lados: 
  • Nome do Polígono:  
  • Vértices:  
  • Ângulos : 
  • Lados : 
Exercício 2) Marque os pontos A (-2 ;-2) B (4 ;-2) C (4 ;-4) e
 D (-2 ;-4) ligue em ordem alfabética e complete as características do polígono:
  • Quantidade de lados: 
  • Nome do Polígono:  
  • Vértices:  
  • Ângulos : 
  • Lados : 
Exercício 3) Marque os pontos A (3 ; 2) B (6 ; 2) C (8 ; 6) , D (4,5 ; 9) e E (1 ; 6) ligue em ordem alfabética e complete as características do polígono:
  • Quantidade de lados: 
  • Nome do Polígono:  
  • Vértices:  
  • Ângulos : 
  • Lados : 
Exercício 4) Marque os pontos A (5 ; 6) B (7 ; 6) C (8 ; 4) , D (7 ; 2) ,E (5 ; 2) e F (4 ; 4) ligue em ordem alfabética e complete as características do polígono:
  • Quantidade de lados: 
  • Nome do Polígono:  
  • Vértices:  
  • Ângulos : 
  • Lados : 
Exercício 5)


Tabuada Cartesiana

 A tabuada cartesiana ou tabuada de Pitágoras é a tabuada de multiplicação escrita em uma tabela. Essa tabela é formada por uma linha e uma coluna com os números de 0 a 10, e o símbolo de vezes, para indicar a multiplicação entre os números.

Vamos tomar como exemplo 9x7: